CD EXCESSO DE BAGAGEM 2010 BAIXAR

davidarseneaultproductions.info  /   CD EXCESSO DE BAGAGEM 2010 BAIXAR
postado por Rosette

CD EXCESSO DE BAGAGEM 2010 BAIXAR

| Escritório

    Contents
  1. 'Tamo Junto'. Xand Avião e Safadão cantam juntos em novo projeto. Baixe o primeiro show!
  2. VANGE SWINGUEIRA: Assombra ao vivo em Petrolândia 02/08/09
  3. Dvd & Cd Excesso De Bagagem Promocional – F. Grátis – R$ 35,00 em Mercado Livre
  4. unilever 4875 susquehanna trail york pa restaurants

Clique agora para baixar e ouvir grátis EXCESSO DE BAGAGEM Extras: CD RETRÔ, PRA TODOS QUE CURTEM/CURTIRAM O EXCESSO. Clique agora para baixar e ouvir grátis EXCESSO DE BAGAGEM EM ITAMARACÁ-PE (PRA BAIXAR CD COMPLETO. BAIXAR CD EXCESSO DE BAGAGEM - Dos objetos listados quantos sao isentos e quais tenho que declarar? Portando ao pegar o vôo para o Brasil.

Nome: cd excesso de bagagem 2010
Formato:ZIP-Arquivar
Sistemas operacionais: Android. iOS. MacOS. Windows XP/7/10.
Licença:Somente uso pessoal
Tamanho do arquivo:56.72 MB


Nunca dividimos a cama. O ventilador funciona a baixa rotao e, dependendo da convenincia, pode ser aumentada. Voc acaba de fazer uma excelente escolha na aquisio deste veculo Chevrolet. Tenho que comprovar minha residencia no brasil e na espanha que justifique esses objetos? Os Air bags frontais so dispositivos complementares de segurana que, em conjunto aos cintos de segurana dianteiros e seus tensionadores, aumentam a eficincia da proteo aos ocupantes em colises com desaceleraes muito bruscas do veculo. Regulagem da luminosidade do painel de instrumentos A luminosidade regulada movendo-se o disco recartilhado do reostato para cima e para baixo. A troca da bateria deve ser feita dentro de um perodo de no mximo 3 minutos, caso isto no ocorra, o controle remoto dever ser reprogramado. A vida do corpo é a alma, a vida da alma é Cristo. Menino vaqueiro. Saudade de você Canta Cícero Vieira. Eletrocrmico escurecimento automtico : com a ignio ligada, o espelho reduz o ofuscamento de faris fortes vindos pela traseira do veculo, escurecendo-se automaticamente. Aps a partida do motor, pressione o pedal do freio antes de engrenar qualquer marcha, para evitar que o veculo comece a se mover. No dia seguinte seguiu ao Rio de Janeiro. E eu vou pagar alguma exxesso por trazê-los para o Brasil, mesmo sendo de uso pessoal? Acendem-se as lanternas, luzes da placa de licena e luz de iluminao do painel de instrumentos. Interruptor giratrio central Sentido horrio Sentido anti-horrio Ar mais quente Ar mais frio. Minha vez de agradecer.

Clique agora para baixar e ouvir grátis EXCESSO DE BAGAGEM EM ITAMARACÁ-PE (PRA BAIXAR CD COMPLETO. BAIXAR CD EXCESSO DE BAGAGEM - Dos objetos listados quantos sao isentos e quais tenho que declarar? Portando ao pegar o vôo para o Brasil. CD EXCESSO DE BAGAGEM BAIXAR - O vereador Tony Gel ficou cercado de repórteres até altas horas. A vida do corpo é a alma, a vida da alma é. CD EXCESSO DE BAGAGEM BAIXAR - E, mesmo assim, com limites de quatidade. O prato de resistência foi a presença do governador Eduardo Campos. Barabadaz - Cd Verão · Excesso de Bagagem -Pagode da pressão 09 · Marreta you Planeta Camutanga Fest-Pe

Até que ele hinnos Wilson, ele ficou bastante conhecido como grande curador. Do outro dia em diante que saiu esse hino, acalmou tudo, zerou tudo. Eduardo Bayer — www. Depoimento de Florestan Neto — www. Ninguém disse nada nessa hora. No Jardim Mimosa Flor 8. Para Estar Junto a este Cruzeiro 9. Isso aí, é a minha palestra.

Tudo é de Deus O senhor lembra desse trabalho que eles vieram? É Pedindo e Rogando 5. Eu Vou Rezar 8. Limites de Duty Free no Brasil:. As coisas que comprei durante as viagens como devo proceder?

'Tamo Junto'. Xand Avião e Safadão cantam juntos em novo projeto. Baixe o primeiro show!

Só que agora também tem limite de quantidade. Eu mesmo que vou montar ele. Oi, em junho vou para Paris com minha esposa a turismo. Por exemplo, um vidro de perfume. As compras somente dxcesso ser feitas por viajante internacional com o comprovante de vôo ou bilhete.

Produtos europeus — Quantidade aceita como sendo de uso pessoal: As coisas que comprei durante as viagens bwgagem devo proceder? Viajantes recomendam que se compre vinhos ou bebidas de diferentes marcas, para evitar ser considerado como fins comerciais. O bufê foi Porto Fino. Perguntas e Respostas pdf da Receita Federal. Bebidas alcólicas tem o limite de quantidade 12 litros. Esta noite pertence ao Padre Airton Freire de Lima.

Computador de bordo Se houver uma interrupo na fonte de energia, os valores armazenados no computador de bordo so apagados, o computador de bordo deve ser novamente ativado. O computador de bordo funciona atravs de dois botes na alavanca do limpador: Boto S seleo de funo : pressione at que a funo desejada seja indicada. Boto R zerar a funo : se as funes consumo mdio, consumo total, velocidade mdia e distncia de viagem forem indicadas no mostrador, elas iro iniciar conjuntamente ao ser pressionado o boto R durante pelo menos dois segundos.

Valores anteriormente armazenados so automaticamente apagados e simultaneamente o cronmetro ajustado em zero. SEO 6 Quando a ignio for novamente ligada, o cronmetro reiniciado a partir do ponto no qual houve a interrupo. Temperatura externa: no mostrador aparece Temp. A superfcie da estrada pode estar ainda com gelo, embora o mostrador esteja indicando alguns graus acima de 0oC.

A 3oC e abaixo, o mostrador automaticamente passa para temperatura externa e pisca sem que o boto de funo seja pressionado, para avisar o motorista que a superfcie da estrada pode estar ainda com gelo. Este aviso cancelado ao ser selecionada outra funo. Quando a temperatura cai abaixo de 5oC, a temperatura externa indicada mas o mostrador no ir piscar. Freio de estacionamento O freio de estacionamento atua mecanicamente nas rodas traseiras e permanece aplicado enquanto a alavanca de acionamento estiver na posio superior de seu curso.

A luz indicadora permanece acesa no painel de instrumentos, enquanto o freio de estacionamento estiver aplicado.

Freio de servio Aplique o pedal do freio com suavidade e progressivamente. Aplicaes violentas no pedal do freio, podero provocar derrapagens, alm de excessivo desgaste nos pneus. Esteja sempre atento s luzes indicadoras de falhas nos sistemas de freios. No dirija com o motor desligado, o servofreio no atuar, sendo necessria maior presso para acionar os freios.

Nunca aplique o freio de estacionamento com o veculo em movimento. Isto poder causar rodopio do veculo e conseqentes danos pessoais. Para liberao do freio de estacionamento, force ligeiramente a alavanca para cima, comprima o boto na extremidade da alavanca seta e empurre-a para baixo at que a luz indicadora do painel se apague. Isto na verdade uma atitude errada, pois as rodas podem travar. Quando isto ocorre, o veculo no obedece direo, e poder sair da pista.

Use a tcnica de frenagem gradativa. Esta proporciona frenagem mxima e ao mesmo tempo mantm o controle da direo. Faa-o pressionando o pedal de freio e aumentando gradativamente a presso. Em caso de emergncia, provavelmente voc vai querer pressionar fortemente os freios sem travar as rodas.

Se ouvir ou perceber que as rodas se arrastam, alivie o pedal de freio. Desta forma, possvel manter o controle da direo. SEO 6 Circuitos hidrulicos independentes Os freios das rodas dianteiras e das rodas traseiras tm circuitos separados. Se um dos circuitos falhar, o veculo poder ainda ser freado por meio do outro circuito. Se isto suceder, o pedal do freio dever ser aplicado fazendo-se maior presso. A distncia de frenagem do veculo aumenta nestas circunstncias. Portanto, antes de prosseguir viagem, leve o veculo a uma Concessionria ou Oficina Autorizada Chevrolet para corrigir o problema.

Se o motor deixar de funcionar, com o veculo em movimento, freie normalmente, acionando constantemente o pedal do freio, sem bombe-lo; caso contrrio, o vcuo do servo freio se esgotar, deixando de haver auxlio na aplicao do freio e, conseqentemente o pedal do freio ficar mais duro e as distncias de frenagens sero maiores.

Se o pedal do freio no retornar altura normal ou se houver aumento rpido no curso do pedal, isto pode ser um indicador de problema no sistema de freios. Procure imediatamente uma Concessionria ou Oficina Autorizada Chevrolet. O nvel do fluido de freio no reservatrio deve ser verificado com freqncia. Verificar com freqncia as luzes dos freios.

O sistema de freio antiblocante ABS mantm um controle do sistema de freio do veculo e evita que as rodas se travem, independentemente das condies das estradas e da aderncia dos pneus. Atua regulando o efeito de frenagem logo que uma roda mostre tendncia para travar. O veculo mantm-se sempre controlvel, mesmo ao fazer uma curva ou desviarse de um obstculo. Quando se torna inevitvel uma frenagem de emergncia, o ABS permite contornar um obstculo sem aliviar o freio.

Contudo, no aconselhvel, em hiptese alguma, com base nesta caracterstica de segurana, correr deliberadamente riscos de conduo desnecessrios. A segurana no trfego s poder ser conseguida atravs de um estilo de conduo responsvel. O efeito de frenagem controlado pelo sistema ABS em cada milsimo de segundo durante o processo de frenagem. Esta ao sentida atravs de pulsao no pedal de freio e rudo no processo de controle.

O veculo est agora numa situao de emergncia; o sistema ABS permite manter o controle do veculo e avisa ao motorista sobre a necessidade de adaptar a velocidade do veculo s condies da estrada. Durante a frenagem de emergncia, ao sentir a pulsao do pedal de freio e rudo no processo de controle, no desaplique o pedal do freio, pois tais ocorrncias so caractersticas normais do sistema.

ABS sistema de freio antiblocante Quando a ignio ligada, a luz indicadora se acende. Apaga-se logo aps a partida do motor. Se no se apagar aps a partida ou se vier a acender-se durante a viagem, isto evidncia de uma avaria no sistema ABS. O sistema de freios, do veculo continuar, todavia, funcionando.

O sistema ABS tambm ficar inoperante se o fusvel dos indicadores dos freios e dos sinais de mudana de direo estiver defeituoso. Dirija-se a uma Concessionria ou Oficina Autorizada Chevrolet para a correo do problema. Sistema de proteo de trs estgios Este sistema compreende: Primeiro estgio cintos de segurana de trs pontos : em pequenos acidentes envolvendo impacto frontal e durante frenagem brusca os dispositivos automticos do cinto de segurana prendem ao banco os ocupantes que estiverem utilizando os cintos de segurana.

Segundo estgio tensionadores dos cintos de segurana do motorista e passageiro dianteiro : em seqncia ao acionamento dos cintos de segurana os tensionadores dos cintos dos bancos dianteiros so acionados, puxando os fechos dos cintos para baixo, reduzindo ou eliminando folgas entre o cadaro do cinto e o corpo dos ocupantes dos bancos dianteiros. O sistema de Air bag serve para completar o sistema de cintos de segurana de trs pontos e tensionadores do cinto.

Portanto, os cintos de segurana devem sempre ser usados pelos ocupantes do veculo, independente do veculo ser equipado ou no com o sistema de Air bag.

Todos os ocupantes do veculo devem usar cintos de segurana. Os ferimentos causados por coliso podero ser muito piores se voc no estiver usando o cinto de segurana.

Voc poder colidir com objetos no interior do veculo ou ser atirado para fora dele. Um cinto que tenha sido sujeito a esforos como, por exemplo, num acidente, dever ser substitudo por um novo. Antes de fechar a porta, certifique-se de que o cinto esteja fora do curso desta. Se o cinto ficar preso na porta, poder haver danos a ele e ao veculo.

Como usar corretamente o cinto retrtil de trs pontos Ajuste o encosto do banco de forma que voc possa sentar-se em posio vertical. Puxe suavemente a fivela deslizante para fora do dispositivo de recolhimento e ajuste o cinto sobre o corpo sem torc-lo. Encaixe a fivela do cinto no fecho, at perceber o rudo caracterstico de travamento. Puxe o cadaro diagonal para ajustar o cadaro subabdominal.

Para soltar o cinto, pressione o boto na fivela. O cinto ser recolhido automaticamente. Como usar corretamente o cinto subabdominal posio central do banco traseiro Para ajustar o comprimento, segure o cinto pela fivela e ajuste-o pelo cadaro. Para colocao do cinto, encaixe a fivela do cinto no fecho do lado oposto. Para liberao do cinto, comprima o boto vermelho do fecho.

A parte subabdominal do cinto dever estar em posio baixa e rente aos quadris, tocando as coxas. O cinto diagonal dever passar sobre o ombro e transversalmente ao trax. Estas partes do corpo so as adequadas para receber os esforos dos cintos de segurana. Os cintos no devem ficar apoiados contra objetos nos bolsos das roupas, tais como canetas, culos, etc. Cintos cortados ou desfiados podem no proteger voc numa coliso. Sob impacto, os cintos podero rasgar-se totalmente.

Se o cinto estiver cortado ou desfiado, substitua-o imediatamente. Posio correta dos encostos dos bancos Mesmo que travados, os cintos de segurana podero no ser eficazes se voc estiver em posio reclinada. O cinto diagonal pode no ser eficaz, pois no estar apoiado no corpo. Em caso de coliso, voc poder deslizar-se, recebendo ferimentos no pescoo ou em outros locais.

O cinto subabdominal tambm pode no ser eficaz. Em caso de coliso, o cinto poder estar acima de seu abdmen. As foras do cinto estaro concentradas naquele local e no sobre seus ossos plvicos. Isto poder causar srios ferimentos internos. Para obter proteo adequada enquanto o veculo estiver em movimento, mantenha o encosto em posio vertical, sente-se bem encostado e use o cinto de segurana corretamente. Uso correto do cinto de segurana durante a gestao Os cintos de segurana funcionam para todas as pessoas, inclusive para as gestantes.

Como todos os demais ocupantes, haver maior chance de que gestantes sejam feridas se no estiverem usando o cinto de segurana. A parte da cintura dever ser usada na posio mais baixa possvel. Ajuste da altura do cinto de trs pontos Para fazer o ajuste, puxe um pouco o cinto de seu alojamento e pressione o boto seta direita ; nos bancos traseiros, pressione a guia na fixao superior seta esquerda. Ajuste a altura de acordo com a sua estatura. Isto particularmente importante se o usurio que utilizou o cinto anteriormente era de estatura mais baixa.

No faa o ajuste de altura enquanto dirige. Lembre-se, a melhor maneira de proteger o feto proteger a me. Em caso de coliso, existem maiores possibilidades de que o feto no seja atingido se o cinto de segurana estiver sendo usado corretamente.

Para as gestantes, bem como para as demais pessoas, a palavra chave para tornar efetivos os cintos us-los corretamente. Tensionadores do cinto O sistema do cinto de segurana dos bancos dianteiros incorpora tensionadores do cinto.

Na eventualidade de uma coliso frontal os fechos do cinto so puxados para baixo; os cadaros diagonal e subabdominal so instantaneamente esticados. A ativao dos tensionadores percebida atravs da luz de advertncia no painel de instrumentos.

Os cintos de segurana permanecem totalmente em funcionamento mesmo quando os tensionadores do cinto tenham sido ativados. Caso os tensionadores tenham sido ativados, eles devero ser substitudos em uma Concessionria ou Oficina Autorizada Chevrolet. No permitida a instalao ou colocao de acessrios no previstos para seu veculo ou de outros objetos dentro do raio de atuao dos tensionadores. O sistema eletrnico que controla os tensionadores do cinto e do sistema "Air bag" est localizado no console central.

Para evitar mal funcionamento, no se deve colocar nenhum objeto imantado nas proximidades deste console. Uso correto dos cintos de segurana em crianas pequenas Os bebs e as crianas devem ocupar sempre o banco traseiro e, serem protegidos por sistemas de proteo infantil. Os ossos dos quadris de uma criana muito nova so to pequenos que um cinto normal no permanecer na posio baixa sob os quadris, conforme necessrio.

Ao contrrio, haver possibilidade de que o cinto fique sobre o abdmen da criana. Em caso de coliso, o cinto forar diretamente o abdmen, o que poder causar ferimentos srios. Portanto, certifique-se de que toda criana ainda pequena para utilizar o cinto normal seja protegida por um sistema adequado para a criana.

Nunca segure um beb no colo com o veculo em movimento. Um beb no to pesado enquanto no ocorre uma coliso, mas, no momento em que esta ocorrer, ele torna-se- to pesado que voc no poder ret-lo. Ser quase impossvel segur-lo. Uso correto dos cintos de segurana em crianas maiores Crianas maiores, para as quais o sistema de proteo infantil tornou-se pequeno, devero usar os cintos de segurana do veculo.

As estatsticas de acidentes indicam que as crianas estaro mais seguras se ocuparem o banco traseiro e estiverem usando os cintos corretamente. Crianas que no estejam usando cintos de segurana podem ser atiradas para fora do veculo, ou podem atingir outras pessoas que estejam usando os cintos, em caso de colises. Se a criana for muito pequena e o cinto diagonal ficar muito prximo do seu rosto ou pescoo, coloque a criana numa posio que tenha cinto subabdominal, isto , no banco traseiro.

Onde quer que a criana sente no interior do veculo, o cadaro subabdominal dever ser usado em posio baixa, acomodado abaixo dos quadris. Nunca permita isto! A ilustrao mostra uma criana sentada no banco equipado com o cinto retrtil de trs pontos, mas o cadaro diagonal esta passando atrs da criana. Se o cinto for usado desta forma, a criana, poder deslizar sob o cinto em caso de coliso.

O sistema Air bag frontal composto de: Bolsas inflveis com geradores de gs alojados no interior do volante e do painel. Controle eletrnico com sensor de desacelerao integrado. Luz indicadora no painel de instrumentos. Os cintos de segurana, cujo o uso obrigatrio por lei, so os mais importantes equipamentos de reteno dos ocupantes e devem ser utilizados sempre.

Somente com a utilizao dos cintos de segurana, o sistema Air bag pode contribuir para a reduo da gravidade de possveis ferimentos aos ocupantes do veculo em caso de coliso. Os Air bags frontais so dispositivos complementares de segurana que, em conjunto aos cintos de segurana dianteiros e seus tensionadores, aumentam a eficincia da proteo aos ocupantes em colises com desaceleraes muito bruscas do veculo.

SEO 7 O Air bag no ser acionado em impactos frontais de baixa severidade em que o cinto de segurana for o bastante para proteger os ocupantes.

VANGE SWINGUEIRA: Assombra ao vivo em Petrolândia 02/08/09

Um mdulo eletrnico com um sensor de desacelerao gerencia a ativao dos tensionadores dos cintos de segurana e dos Air bags. Havendo necessidade, dispara inicialmente os tensionadores dos cintos de segurana dianteiros para segurar ainda mais os ocupantes nos bancos e, dependendo do nvel de desacelerao, tambm ativa os geradores de gs que inflam as bolsas em aproximadamente 30 milsimos de segundo, amortecendo o contato do corpo dos ocupantes com o volante de direo ou painel.

A exploso do dispositivo gerador de gs provocada para inflar as bolsas de ar no prejudicial para o sistema auditivo humano e a nuvem semelhante fumaa formada durante o disparo do sistema Air bag nada mais do que talco no txico cuja a funo a de minimizar o atrito entre o corpo do ocupante e as bolsas de ar.

O acionamento dos tensionadores do cinto de segurana ocorre em circunstncias menos severas que o dos Air bags, ou seja, podem ocorrer casos de ativao dos tensionadores sem que os Air bags sejam acionados. Por isso, antes de dirigir, aconselhvel regular adequadamente os bancos dianteiros. Ajuste o assento do banco do motorista de modo que consiga, com o p direito, pressionar at o final de curso o pedal da embreagem sem tirar as costas do encosto do banco e o encosto tal que, com os ombros encostados e os braos esticados, os pulsos fiquem apoiados sobre a parte superior do volante de direo.

Regule tambm o banco o passageiro o mais para trs possvel, sem prejudicar o espao para as pernas do ocupante do banco traseiro. Os cintos de segurana devem estar corretamente afivelados. Em caso de coliso em que ocorra o acionamento do sistema Air bag sem que os ocupantes do veculo estejam usando os cintos de segurana, o risco de ferimento grave poder aumentar consideravelmente.

Crianas menores de 10 anos devem sempre ser transportadas no banco traseiro, especialmente em veculos equipados com sistema Air bag. Alm de ser exigncia legal, a fora do inflamento do Air bag ir empurr-las de encontro ao encosto do banco, podendo causar graves ferimentos.

SEO 7 Quando voc transferir o veculo para outro proprietrio, solicitamos que voc alerte o novo proprietrio que o veculo est equipado com Air bag e que ele deve consultar as informaes descritas neste manual.

No caso de desmanche total do veculo equipado com Air bag, solicite a assistncia de uma Concessionria ou Oficina Autorizada Chevrolet. Luz indicadora do Air bag Quando a ignio ligada, a lmpada indicadora se acende por aproximadamente 4 segundos, apagando-se em seguida.

Se a lmpada no se acender, no apagar aps 4 segundos, ou acender com o veculo em movimento, isto evidncia de uma avaria no sistema de Air bag ou nos tensionadores do cinto de segurana. Nestes casos o sistema de Air bag ou os tensionadores do cinto de segurana no funcionaro em caso de acidente. Procure uma Concessionria ou Oficina Autorizada Chevrolet para reparar o problema.

BAIXAR BAGAGEM EXCESSO CD DE 2010

No mantenha nenhum tipo de objeto entre as bolsas e os ocupantes dos bancos dianteiros. No instale acessrios no originais no volante ou no painel.

Nunca faa alteraes nos componentes do sistema Air bag. O sistema eletrnico que controla o sistema Air bag e os tensionadores do cinto de segurana est localizado no console central. Para evitar falhas, nenhum objeto imantado dever ser colocado nas proximidades do console.

Caso o veculo sofra inundao ou alagamento, solicite a assistncia de uma Concessionria ou Oficina Autorizada Chevrolet. A desmontagem do volante e do painel de instrumentos, somente dever ser executada em uma Concessionria ou Oficina Autorizada Chevrolet.

O Air bag foi projetado para disparar somente uma nica vez. Uma vez disparado, dever ser substitudo imediatamente em uma Concessionria ou Oficina Autorizada Chevrolet. No cole nada no volante e na cobertura do Air bag do lado do passageiro, nem aplique neles qualquer material.

Limpe sua superfcie somente com um pano mido. Uso de sistema de proteo infantil no banco dianteiro do acompanhante em veculos com sistema Air bag Veculos com Air bag no lado do passageiro: Assentos de segurana voltados para a traseira assentos para bebs e crianas com faixa de peso 0 e I Veja as prximas pginas no devem ser instalados no banco dianteiro do acompanhante, perigo de vida.

Nos veculos equipados com Air bag no lado do passageiro dianteiro, no se deve instalar o sistema de proteo infantil no banco dianteiro. Dispositivo de reteno infantil O dispositivo de reteno infantil Chevrolet foi desenvolvido especialmente para a General Motors e proporciona tima segurana para a criana em caso de impacto. Para bebs at 9 meses de idade ou pesando at 9 kg. Para crianas at 12 anos de idade ou pesando at 36 kg.

Crianas com menos de 12 anos ou abaixo de cm de altura devem viajar somente no assento de segurana apropriado. Ao transportar crianas, use o sistema de proteo apropriado ao peso da criana. Assegure-se de que o sistema de segurana esteja fixado apropriadamente. As capas do assento para bebs e assento para crianas podem ser limpas.

No prenda objetos no dispositivo de reteno infantil e no cubra com outros materiais. Um dispositivo de reteno infantil que tenha sido submetido a um acidente dever ser substitudo. Voc deve observar as instrues de instalao e de utilizao fornecidas junto com o dispositivo de reteno infantil.

Assento para beb Faixas de peso 0 e I: somente instalado com a criana voltada para a traseira do veculo. Desde recm-nascido at 9 kg. Em veculos com Air bag no lado do passageiro ou Air bag lateral, o assento de segurana no deve ser instalado no banco dianteiro do acompanhante, pois existe perigo de vida. Instale o assento de segurana nas posies laterais do banco traseiro.

Fixando o cinto de segurana do assento para beb Posicione a criana no assento de segurana.

Dvd & Cd Excesso De Bagagem Promocional – F. Grátis – R$ 35,00 em Mercado Livre

Junte os dois cintos de ombro do assento, conforme mostrado na ilustrao, e encaixe no fecho entre as pernas da criana. Ajustando ao tamanho da criana O comprimento e altura dos cintos de segurana do assento podem ser ajustados de acordo com o tamanho da criana. Para ajustar o comprimento, puxe as tiras dos cintos para cima ou afrouxe, segurando firmemente o ajustador e pressionando juntamente os dois lados de cada ajustador e puxe em direo do fecho.

O cinto deve ser ajustado ao corpo da criana sem estar muito apertado. Para ajustar a altura, destrave e puxe ambos os cintos atravs da abertura pela parte dianteira do assento. Guie os cintos atravs das aberturas na posio desejada de acordo com a estatura da criana, verificando o perfeito travamento do suporte dos cintos.

Fixando o assento para beb no veculo Abaixe a ala de transporte do assento, pressionando as duas travas laterais. Posicione o assento no banco, com a criana afivelada ao cinto do assento voltado para a traseira do veculo. Nivele o assento, observando o indicador de nvel localizado na lateral esquerda do assento, a esfera dever estar posicionada na rea verde. Mova o ajuste de altura do cinto de segurana do veculo para a posio mais baixa.

Puxe o cinto e posicione-o nos encaixes laterais da estrutura do assento. Afivele o cinto de segurana do veculo. Direcione a parte diagonal do cinto do veculo por trs do encosto do assento, encaixando no alojamento de reteno de um lado e passe pela trava de segurana do outro lado.

Ajuste o cinto de segurana do veculo. Desloque a ala de transporte, pressionando as travas laterais na parte inferior de ambos os lados e movimente a ala para a frente do veculo. Assento para criana Sistema modular para vrias faixas de peso: Faixa de peso I: somente instalado com a criana voltada para a frente do veculo.

Desde o peso de 9 at 15 kg. Fixando o assento para criana ao veculo: Faixa de peso I Ajuste a altura do cinto de segurana do veculo para a posio mais baixa. Puxe o cinto, passando sua fivela atravs da abertura lateral pela frente da estrutura do assento, conforme a ilustrao. Conduza a fivela pela outra abertura, passando pela parte traseira e contornando pela frente do assento. Afivele e ajuste as tiras do cinto de segurana de maneira que o assento fique firme no banco do veculo.

Ajustando ao tamanho da criana Posicione a criana no assento de segurana. O comprimento e altura dos cintos de segurana do assento podem ser ajustados de acordo com o tamanho da criana. Para ajustar o comprimento, puxe a tira inferior do cinto, localizado na parte dianteira do assento, ou afrouxe, puxando a tira superior para liberar o mecanismo de trava, enquanto puxa os dois cintos de ombro, simultaneamente.

DE BAIXAR BAGAGEM EXCESSO CD 2010

Para ajustar a altura, desencaixe os cintos do suporte traseiro e puxe ambos os cintos atravs da abertura pela parte dianteira do assento. Guie os cintos atravs das aberturas na posio desejada para a estatura da criana e encaixe corretamente no suporte.

Ajuste o comprimento do cinto, puxando a tira inferior, localizada na parte dianteira do assento. Desde o peso de 15 at 36 kg. Remova os cintos de segurana do assento, desencaixando-os do suporte na parte traseira e puxe os cintos para fora do encosto. Pela parte inferior do assento, remova a haste de reteno do cinto e puxe o fecho, desencaixe o suporte de ligao do cinto de quatro pontos removendo-o, conforme mostrado na ilustrao.

Ajuste a altura do cinto de segurana do veculo para a posio mais baixa. Puxe o cinto de segurana. Conduza e afivele no fecho, retendo a criana e o assento. Deslize o ajuste de altura do cinto sobre o encosto, fixando-o na altura dos ombros, de acordo com o tamanho da criana, conforme mostrado na ilustrao.

Aps remover a criana do veculo, fixe o assento com o cinto de segurana do veculo, a fim de evitar que o mesmo seja lanado para frente em caso de uma freada brusca. Caso no seja necessrio manter o assento no compartimento de passageiros, remova e coloque-o no compartimento de cargas, fixando-o com uma rede de reteno.

Em caso de impacto com o veculo o assento dever ser substitudo. Danos nos cintos de segurana ou no acabamento devem ser reparados em uma Concessionria ou Oficina Autorizada Chevrolet.

Em caso de falhas em outras partes do assento, o mesmo dever ser substitudo. Estas substncias podem causar frenagem irregular ou lonas vitrificadas. Verifique a estrutura da carroaria, direo, suspenso, rodas, pneus e sistema do escapamento quanto a danos. Balanar o veculo para desatolar Primeiramente, gire o volante da direo para a esquerda e para a direita. Isto far liberar a rea ao redor das rodas dianteiras. A seguir alterne a transmisso entre 1 ou 2 marcha e marcha a r, girando as rodas o mnimo possvel.

Solte o pedal do acelerador durante as mudanas e pressione levemente o pedal quando a transmisso estiver engrenada. Se algumas tentativas no forem suficientes para desatolar, voc precisar ser rebocado. Ou voc poder usar os ganchos de socorro, se houver, no caso de ser rebocado. Veja instrues na Seo 9, sob Rebocando o veculo. Se o veculo atolar Jamais gire as rodas se o veculo estiver atolado. O mtodo conhecido por balano pode ajudar a desatolar, porm seja cuidadoso.

EXCESSO BAIXAR BAGAGEM 2010 CD DE

Se girarem em alta velocidade, os pneus podero estourar resultando em ferimentos a voc e a outras pessoas. Poder haver superaquecimento da transmisso e outros componentes do veculo. Em caso de atolamento, gire as rodas o mnimo possvel.

Girar as rodas pode resultar em destruio de componentes de seu veculo, bem como dos pneus. Girar as rodas em velocidades altas durante as mudanas para a frente e para trs pode destruir a transmisso. Dirigindo na lama ou areia Quando voc dirige na lama ou areia, as rodas no tm boa trao.

Voc no pode acelerar rapidamente, mais difcil esterar e so necessrias maiores distncias de frenagem. Na lama melhor usar marcha reduzida quanto mais espessa a lama, mais baixa deve ser a marcha. Em camadas espessas de lama, mantenha o veculo em movimento para no atolar. Ao dirigir na areia, muito solta como nas praias ou dunas os pneus tendem a afundar. Isto causa efeito sobre a direo, acelerao e frenagem.

Para melhorar a trao, reduza levemente a presso de ar dos pneus ao dirigir sobre a areia. Dirigir em correnteza pode ser perigoso. A gua poder arrastar o veculo causando afogamentos. At mesmo uma correnteza com alguns centmetros de gua pode impedir o contato dos pneus com a pista, causando a perda de trao e capotagem do veculo. No dirija em correntezas. Dirigindo em trechos alagados Esta uma situao que deve ser evitada tanto quanto possvel, mesmo nas vias pavimentadas das cidades.

Alm de no ser possvel avaliar com preciso o estado da pista frente, devido gua, o veculo pode vir a se danificar seriamente, pois no foi projetado para essa utilizao. Como regra bsica, no se deve tentar passar se a lmina d'gua for superior a altura do centro da roda. O problema mais srio ao passar por trechos alagados a possibilidade de entrada de gua no interior do motor pelo sistema de captao do ar de admisso. Quando isso ocorre, h o calo hidrulico, em que a gua impede o movimento dos pistes.

Nesse caso, o motor sofre avarias de grande monta e o veculo pra imediatamente. No tente colocar o motor em funcionamento novamente. Tal atitude poder aumentar os danos ao veculo.

Avarias de motor por entrada de gua no so cobertas pela Garantia. Em reas desertas, esteja atento a animais na pista. Se estiver cansado, saia da pista em local seguro e descanse. Mantenha limpos interna e externamente o pra-brisa e todos os vidros de seu veculo. O reflexo da sujeira noite muito pior do que durante o dia.

Mesmo a parte interna pode ficar embaada devido sujeira. A fumaa de cigarros tambm embaa as superfcies internas dos vidros, dificultando a viso. Os vidros sujos refletem mais a luz do que os vidros limpos, fazendo contrair repentinamente as pupilas dos olhos.

unilever 4875 susquehanna trail york pa restaurants

Limpe freqentemente os vidros, mantenha no veculo tecidos e produtos de limpeza. Lembre-se de que os faris iluminam menos a pista nas curvas.

Mantenha os olhos em movimento; desta forma, mais fcil identificar objetos mal iluminados. Assim como seus faris devem ser inspecionados e ajustados com freqncia, consulte um oftalmologista periodicamente.

Alguns motoristas sofrem de cegueira noturna a incapacidade de enxergar com luz pouco intensa e nem mesmo sabem disso. Dirigindo noite difcil avaliar a velocidade de um veculo que est em movimento sua frente apenas observando suas lanternas traseiras. Dirigir noite mais perigoso do que durante o dia. Uma razo que alguns motoristas podem estar sob o efeito de lcool, drogas, fadiga ou com a viso limitada pela escurido.

2010 BAIXAR CD DE EXCESSO BAGAGEM

Dirigindo na chuva A chuva e as estradas molhadas podem trazer problemas ao dirigir. Voc no pode parar, acelerar ou fazer curvas regularmente em pista molhada, pois a aderncia de seus pneus pista no to boa quanto nas pistas secas. E caso a banda de rodagem de seus pneus no esteja em boas condies, a aderncia ser menor ainda. Se comear a chover quando voc estiver ao volante, reduza a velocidade e seja mais cuidadoso. A pista pode ficar molhada repentinamente, ao passo que os seus reflexos ainda podem estar condicionados para dirigir em pista seca.

Recomendaes para dirigir noite Dirija na defensiva. Lembre-se de que este o perodo mais perigoso. No beba antes de dirigir.

Como a viso pode ser limitada, reduza a velocidade e mantenha maior distncia entre o seu e os demais veculos. Fique atento aos veculos pouco visveis que trafegam atrs de voc. Se estiver chovendo forte, use os faris mesmo durante o dia. Aps reduzir a velocidade, mantenha distncia adequada. Seja cuidadoso especialmente quando ultrapassar outro veculo. Espere que a pista esteja livre a sua frente e esteja preparado para enfrentar a m visibilidade causada por borrifos de gua na pista.

Se os jatos forem muito fortes a ponto de dificultar a viso, recue. No ultrapasse se as condies no forem ideais. Trafegar em velocidade mais baixa melhor do que sofrer um acidente. Se for conveniente, use o desembaador. Verifique periodicamente a espessura correta das bandas de rodagem dos pneus. Quanto mais pesada a chuva, mais precria ser a visibilidade.

Mesmo que as palhetas do seu limpador de pra-brisa estejam em boas condies, a chuva pesada poder dificultar a viso das placas de sinalizao, semforos, das marcaes da pavimentao, do limite do acostamento e at mesmo de pessoas que estejam andando na pista. Borrifos da estrada podem dificultar mais a viso do que a chuva, principalmente se forem em estrada suja. Portanto, recomendvel manter em boas condies o limpador do pra-brisa e abastecido o seu depsito de gua.

Substitua as palhetas do limpador do pra-brisa quando apresentarem falhas, estiverem lascadas ou quando elas estiverem soltando fragmentos de borracha. Dirigir em alta velocidade em meio a grandes poas d'gua, ou mesmo aps o veculo ter sido lavado em autoposto, tambm pode trazer problemas. A gua pode afetar os freios. Tente evitar as poas, mas se no for possvel, tente reduzir a velocidade antes de ating-las. Os freios molhados podem resultar em acidentes. Os freios no funcionam bem em paradas sbitas e podem fazer o veculo puxar para o lado, levando voc a perder o controle sobre ele.

Aps dirigir em meio a uma grande poa d'gua ou aps o veculo ter sido lavado num posto de servio, pressione levemente o pedal de freio at sentir que os freios esto funcionando normalmente. Aquaplanagem O excesso de gua sob os pneus cria condies para a ocorrncia da aquaplanagem, que muito perigosa.

Isto poder acontecer se houver muita gua na pista e se voc estiver em alta velocidade. Quando o veculo est aquaplanando, h pouco ou nenhum contato do pneu com a pista.

Pode ser que voc no perceba a aquaplanagem, e at mesmo dirija durante algum tempo sem notar que os pneus no esto em contato constante com a pista. Voc talvez perceba a aquaplanagem quando tentar reduzir a velocidade, fizer curvas, mudar de pista nas ultrapassagens ou se for atingido por uma rajada de vento.

De repente, voc se dar conta de que no consegue controlar o veculo. A aquaplanagem no comum, mas poder acontecer se a banda de rodagem dos pneus estiver excessivamente gasta. Poder ocorrer quando houver grande quantidade de gua na pista. Se voc notar reflexos das rvores, dos fios da rede eltrica ou de outros veculos, ou se as gotas de chuva formarem ondulaes na superfcie da gua, isto sinal de que pode haver condies para ocorrncia da aquaplanagem.

A aquaplanagem geralmente acontece em velocidades altas e no obedece a nenhuma regra definida. A melhor recomendao reduzir a velocidade quando estiver chovendo e permanecer atento. Dirigindo na neblina A neblina pode ocorrer quando h muita umidade do ar ou geada forte.

A neblina pode ser to leve que permita enxergar a centenas de metros adiante, ou pode ser to espessa que limite a viso a apenas alguns metros. A neblina pode aparecer de repente numa estrada normal e tornar-se um potencial de perigo. Quando voc dirige na neblina, sua visibilidade rapidamente reduzida.

Os maiores perigos so a coliso com o veculo sua frente ou a coliso por trs. Tente perceber a densidade da neblina na estrada. Se for difcil enxergar o veculo sua frente ou, noite, se for difcil perceber-lhe as lanternas traseiras , sinal de que a neblina est tornando-se espessa. Diminua a velocidade para que o veculo que vem atrs de voc tambm diminua a sua. A frente de neblina espessa poder estender-se apenas a alguns metros ou a muitos quilmetros; voc s poder saber quando estiver atravessando-a.